Membro da UBE/MS.

Poder-se-ia dizer que “Cid Castello” é quase um expoeta, já que, após uma profícua fase criativa durante sua juventude e adolescência, com obras publicadas em jornais e revistas, além de dois livros, atualmente o autor se encontra em uma fase de baixíssima produção literária. Em compensação, atualmente Cid Castello está envolvido com a finalização do seu primeiro romance, denominado “Gemini” – que já tem mais de 400 páginas redigidas e está à espera de um pequeno fechamento e revisão completa da obra. Antes, os poemas de Cid Castello foram publicados na coletânea “Asas ao Vento” (título de um poema seu) e em “O Casulo”, uma experimentação que fez na época da faculdade e que resultou em uma inédita obra artesanal. Atualmente, uma pequena fração de sua poesia pode ser conferida em seu site.